« Home | PRÉMIO NOBEL DA LITERATURA - 2005 » | AUTOR DO MÊS - OUTUBRO » | MESTRES DA PINTURA III » | OUTROS SONS II » | AUTOR DO MÊS - SETEMBRO » | O LUGAR DA HISTÓRIA » | SÉTIMA ARTE I » | OUTROS FILMES I » | OUTROS SONS I » | MESTRES DA PINTURA II » 

quarta-feira, outubro 19, 2005 

DEUSES DA MÚSICA I


Johann Pachelbel (1653-1706)

Sem ser uma das principais figuras de um dos períodos mais áureos da história da música clássica - o Barroco, Johann Pachelbel foi, sem dúvida, uma das personalidades mais destacadas entre os mestres alemães de órgão da segunda metade do Séc. XVII.
Nasceu em 1653 em Nuremberga, filho de um comerciante de vinhos tendo morrido nesta mesma cidade alemã em 1706. Foi o respeitável organista da Igreja de Saint-Sebald.
A sua aprendizagem musical foi principalmente feita em Ratisbon, por Kaspar Prentz, e posteriormente em Viena através de contacto com a arte de Johann Kaspar Kerrl, que continuou durante o seu periodo de actividade como organista em Thuringia (em Eisenach e Erfurt) onde travou conhecimento com membros da família Bach. Viria a ter alguma influência na aprendizagem musical e na arte da composição daquele que é considerado como um dos maiores génios de sempre do Barroco e da Música Clássica - Johann Sebastian Bach.

A composição musical mais conhecida de Pachebel é sem dúvida o Canon. Para ouvir um excerto desta belíssima peça de música clássica pode entrar no seguinte link:http://www.cascadestrings.net/audio/hi_fi/Canon.mp3