« Home | DEUSES DA MÚSICA I » | PRÉMIO NOBEL DA LITERATURA - 2005 » | AUTOR DO MÊS - OUTUBRO » | MESTRES DA PINTURA III » | OUTROS SONS II » | AUTOR DO MÊS - SETEMBRO » | O LUGAR DA HISTÓRIA » | SÉTIMA ARTE I » | OUTROS FILMES I » | OUTROS SONS I » 

terça-feira, outubro 25, 2005 

POP ART I



DEPECHE MODE

As origens do Depeche Mode datam de 1976, quando em Basildon, Inglaterra, Andrew Fletcher (baixo/teclado) e Vince Clarke (teclado) se encontram pela primeira vez e formam a banda "No Romance in China" que viria a ter uma existência curta. Em 1979 Vince Clarke juntamente com Martin Gore (guitarra/teclado), formaria uma nova dupla chamada "French Look". Não demorou muito para que Andrew Fletcher se juntasse ao grupo, formando assim o "Composition of Sound" com Vince como vocalista. Em meados de 1980, o cantor Dave Gahan entra para o grupo que se passaria a chamar Depeche Mode, nome este tirado de uma revista francesa de moda, que em português significa Moda Passageira. A primeira música dos Depeche Mode a surgir no cenário musical inglês foi uma versão de Photographic, faixa incluída na compilação Some Bizarre Album (1980). É com o lançamento do terceiro single, Just Can't Get Enough, que esteve semana a fio no TopTen inglês, que os Depeche Mode começa a ganhar um lugar de destaque no panorama musical britânico. O primeiro álbum, Speak & Spell, viria a alcançar bons resultados em termos de vendas. Martin Gore assume o papel de compositor da banda, e como resultado temos o álbum A Broken Frame de 1982. Nesta altura os Depeche Mode era já um trio, tal como hoje, formado apenas por Martin Gore (guitarra/teclado), Dave Gahan (voz) e Andrew Fletcher (teclado). Neste álbum foram lançados os singles Leave in Silence, See You e The Meaning of Love. Mais tardes seria então recrutado Alan Wilder como membro definitivo da banda (pianista), momento importantíssimo para a história do Depeche. Alan contribuiria para a produção dos álbuns Violator (1990) e Songs Of Faith and Devotion (1993), trabalhos com uma maior riqueza em termos de produção. Grupo com uma perfomance fortissima nos concertos ao vivo. os Depeche Mode contribuiram com alguns dos principais hinos das pistas de dança dos anos 80: Strangelove, Just Can't Get Enough, Never Let Me Down Again, etc.

Finalmente de volta em 2005 com o novo album Playing the Angel, os Depeche Mode voltam a apresentar uma sonoridade bem pop e um ritmo de dança nas suas canções bastante agradável. Para os fans do grupo temos o seguinte site: http://www.depechemode.com

O primeiro single do seu novo trabalho tem o nome de Precious. Pode ver o Vídeoclip no seguinte link: http://www.mp3.com/albums/20065654/summary.html

De referir que estarão em Portugal no próximo dia 8 de Fevereiro de 2006 para um concerto no Pavilhão Atlântico. A não perder!